Meio Ambiente

Flórida avança com proibição de cigarro em praias

today8 de setembro de 2022 11

Fundo
share close

O fumo está sendo banido de cidades e condados da Flórida visando manter os ambientes mais limpos. Sejam em praias ou em parques públicos, a medida está avançando e a votação final, junto com uma audiência pública, está marcada para o dia 14 se setembro. Miami Beach, Sarasota, St. Petersburg e Pinellas County são alguns que estão avançando com a proibição de fumar nas praias.

Em Miami Beach, se aprovada a lei, quem violar a proibição enfrentará uma punição máxima de multa de US$ 500 e até 60 dias de prisão. A exceção à proibição é para charutos que não possuem filtros. Em muitas praias do Condado de Palm Beach fumar também pode virar coisa do passado. Boca Raton, Palm Beach e Lake Worth Beach devem seguir o exemplo com suas próprias proibições de fumar nas próximas semanas. Em Palm Beach, a proibição já está em vigor, com avisos e notificações à população.

O governador da Flórida, Ron DeSantis, sancionou uma lei que entrou em vigor em julho deste ano, permitindo que as próprias cidades e condados regulem o fumo de cigarros e outros produtos a base de tabaco em praias e parques públicos, com exceção de charutos não filtrados. A lei vai além do bem-estar de quem desfruta dos espaços de lazer, a medida cabe como uma forma de proteção ambiental. Os restos de cigarro descartados se desintegram em milhares de pedaços de plástico e, de acordo com a Ocean Conservancy, tais restos são o item n.º 1 encontrados nas praias da Flórida.

“Eles são venenosos para a vida selvagem e, como as pontas são ingeridas por pássaros e peixes, esses produtos químicos e metais pesados sobem na cadeia alimentar”, explicou Charles Denault, da Tobacco Free Partnership for Sarasota County.

Em Sarasota, os líderes também estão considerando novas regras para manter as pontas de cigarro longe das praias. Uma portaria foi apresentada na terça-feira (6) à comissão da cidade para proibir o uso e foi aprovada por unanimidade. Assim como a cidade de São Petersburgo e o condado de Pinellas. A única exceção à proibição são os charutos não filtrados por não possuírem filtros de plástico.

“Sou um usuário frequente dos parques; minha esposa e eu muitas vezes estamos aqui caminhando”, compartilhou John Stewart, morador de St. Pete, no mês passado. “Não sei por que algo que polui o ar e polui as pessoas, continua sendo permitido nos parques.”

Aos poucos, as cidades estão se ajustando e discutindo sobre a proibição e suas punições. Em algumas localidades, se você acender, pagará. Os cigarros continuam a ser o principal criador de fumo passivo. Se aprovada, a legislação restaurará o poder dos governos municipais e distritais de proibir o fumo em parques públicos e praias e estabelecer áreas designadas para fumantes.

Written by: spotbraziladmin

Rate it

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


0%